Com Madrid no coração

Com um ritmo, brilho e cultura incomparáveis...conquista-nos sempre.

Em conversa com as minhas amigas apercebi-me que era a única que ainda não tinha visitado Madrid. “Como assim?”- Diziam elas… Sim, no verão passado tinha visitado Sevilha com a minha família e há dois anos fui a Barcelona com os meus primos, mas no meio disto tudo, de facto nunca tinha visitado uma das principais cidades de Espanha! - “erro crasso”- disseram-me logo! Inicialmente, não estava a perceber qual era a indignação, mas quando ponho uma coisa na cabeça, dificilmente me tiram do pensamento a ideia. Por isso mesmo, nessa noite fui em busca de mais informação sobre a cidade e tentei estruturar um plano que nos permitisse visitar Madrid em pouco tempo e que não nos arruinasse completamente o pé-de-meia que tínhamos feito. Depois de averiguar todas as hipóteses descobri que existe um comboio super barato da CP a partir de 24,20 euros, e que para além disso me permitia poupar um dia de viagem e de alojamento porque viaja durante a noite! Perfeito!

Com a vida facilitada, assim que tive oportunidade, eu e as minhas amigas pusemo-nos finalmente a caminho da cidade do Ronaldo! Era a primeira vez que viajávamos tantas horas de comboio juntas, mas acabou por ser muito agradável, porque tínhamos um compartimento cabine com beliches, para nós, com lavatório e tomadas para ligarmos os nossos gadgets. As horas passaram muito rapidamente e como tínhamos tempo fizemos logo um levantamento dos lugares que não podiam faltar na nossa visita! Para me estrear em grande enquanto ”madrilena temporária”, o nosso primeiro dia na cidade começou com um pequeno-almoço bastante à moda de Madrid, provando os deliciosos chocolates com churros! E, já que estávamos por perto, aproveitámos para tirar umas fotos na Puerta del Sol, grande marco da cidade e acabámos por ir andando até à Plaza Mayor - considerado o “coração de Madrid”. Ao contrário do que estava à espera, conhecemos uns simpáticos madrilenos que nos contaram  a história da cidade e “encaminharam-nos” para umas maravilhosas sanduíches com lulas fritas- “não há nada mais típico”!

Acabámos o dia na Gran Via (onde ficámos hospedadas) que tanto de dia como de noite, tem uma vida muito cosmopolita cheia de lojas, restaurantes, bares e muita gente bonita!

Se acabei este dia com o coração cheio, o dia seguinte ainda foi mais espetacular! Levantámo-nos cedo, fomos dar um passeio matinal pelo lindíssimo Parque do Retiro e fomos visitar o tão conhecido Museu do Prado… Fiquei fascinada com todas as suas obras de arte (é mesmo um ponto obrigatório de visita!). O meu dia não podia ter sido mais enriquecedor, visto que passámos pelos principais pontos turísticos da cidade: Puerta de Alcalá, Plaza de Cibeles e pelo maravilhoso Templo de Debod já ao pôr-do-sol. Não sei como, mas ainda conseguimos ter forças para dar uma voltinha pelos bares de Madrid antes de ir dormir.

No último dia decidimos passar pelo Estádio do Real Madrid, para visitar o relvado onde treina o melhor do mundo! (Na verdade o meu pai tinha insistido muito para que lhe levássemos uma foto).

Mesmo por poucos dias, fiquei maravilhada com a riqueza cultural e com o ambiente da cidade, senti-me em casa, como se não fosse a primeira vez que a visitava. Foi das melhores viagens da minha vida, apaixonante desde o primeiro ao último minuto.

Consulte aqui informações sobre o Lusitânia Comboio Hotel.

 

Serviços CP: Lusitânia Comboio Hotel (Lisboa/Madrid)

Plaza Mayor

Parque do Retiro

Museo del Prado

Puerta de Alcalá

Puerta del Sol

Plaza de Cibeles

Gran Via

Templo de Debod

Estádio Santiago Bernabéu

Bairro La Látina

Mercado de San Miguel

Café de Levante

Café Magerit

Plaza de Santa Ana

Cañas y Tapas