Beira Alta e o sol muito perto

“Na Beira Alta o vento traz histórias de outros”. Por Tatiana Albino.

A Primavera traz os aromas e os arrulhares dos animais que nos rodeiam.

O Verão guarda o brilho dourado das tardes cheias de riso.

O Outono muda as vestes no campo e prepara a vida para o frio.

O Inverno cobre de branco as terras, enfeita de sincelo as árvores e resguarda as gentes à lareira. 

Os sabores acusam sorrisos em todas as estações. O pão acabado de fazer, o chouriço bem fumado, o queijo bem curado… os doces. Tudo o que as terras mais perto do céu guardam vale o esforço de fazer o caminho até elas. 

Porque na Beira Alta, os corações batem mais forte. 

As mãos dos artesãos esculpem histórias em objetos e as crianças correm em liberdade. 

Na Beira Alta, as emoções marcam o ritmo. 

As aventuras ficam guardadas nas pedras do caminho. 

Na Beira Alta, sonhar é viver.

Tatiana Albino

Veja aqui as fotos que completam o roteiro.