Respeita o comboio

Quando andas de comboio, não tens só a companhia dos teus pais ou de amigos...

mas também de pessoas que não conheces, e que, como tu, escolhem o comboio para viajar. É a pensar nelas, e nos trabalhadores da CP que diariamente se esforçam para que viajes com todo o conforto e segurança, que te relembramos algumas regras que deves ter em conta sempre que viajas de comboio.

O chão é para andares. Os bancos do comboio são para te sentares.

Já imaginaste como seria desagradável chegares ao teu lugar e o banco estar sujo porque alguém pôs ali os pés? 

Há passageiros especiais. Tu podes ser um deles.

Grávidas, crianças de colo, pessoas com deficiência ou idosos necessitam de ir sentadas enquanto viajam. Se o comboio não tiver lugares marcados, tu podes ser um passageiro muito especial se deres o teu lugar, ou pedires aos teus pais para darem o lugar deles, a uma destas pessoas. 

Pouca terra, pouca terra, nenhum lixo, nenhum lixo.

Andar de comboio deve ser divertido e agradável. O que não é nada divertido é tropeçar numa lata, escorregar numa embalagem de batatas fritas ou até mesmo numa casca de banana. É claro que podes comer dentro do comboio, mas não deves deixá-lo sujo. Há comboios que têm pequenos contentores para o lixo, por isso não há problema. Se não for este o caso, leva sempre contigo um saco para pores o lixo, guardas e depois colocas num contentor de lixo na rua. 

No comboio, as malas entram… mas não se sentam.

Malas ou mochilas são indispensáveis para viajar, mas não precisam de ir “sentadas”. Se puseres a tua mochila no banco ao teu lado, estás a tirar um lugar necessário para outra pessoa se sentar. Os comboios têm espaços próprios para guardar a bagagem. Mas também podes levar a mochila ao teu colo, se não estiver pesada.

“A música da vizinha não é melhor que a minha!”

Pois, se calhar não é. E a tua música também é diferente. Gostos musicais não se discutem. Por isso, não te esqueças de por os fones porque podes estar a perturbar os outros passageiros.